Avançar para o conteúdo principal

O TEXTO EXPOSITIVO-EXPLICATIVO

O Texto Expositivo-Explicativo é um tipo de texto que tem por objectivo principal a transmissão de conhecimentos a cerca de uma dada realidade, isto é, fazer-saber ou fazer-conhecer (fazer-perceber).
Daí, podemos concluir à priori que o texto visa a transformação do estado cognitivo dos sujeitos aos quais se destina, informando-os de forma clara, objectiva, coesa e coerente sobre um assunto ou problema  de que se supõe eles serem dententores de um saber insatisfatório.
Como se pode notar, o Texto Expositivo-Explicativo apenas apresenta uma informação, que se considera nova, partindo de um saber que se pressupõe que o leitor o detenha. Daí que a linguagem usada neste tipo de texto tem muito a ver com o típo de público alvo ao qual  ele se destina.

Neste tipo de texto, há o predomínio de duas funções  de linguagem, nomeadamente a função referencial (aquela que se usa para transmitir informações novas) e a função metalinguística (usada em segmentos que visam explicar ou esclarecer o sentido de uma noção ou expressão anterior)

Neste tipo de textos, podemos identificar três momentos ou fases (correspondentes às partes do texto), a saber: a fase do questionário (que contém de forma explícita ou implicita uma questão que se vai responder ao longo do texto, ou simplesmente pela anunciação do tema/assunto/problema da exposição) correspondente à introdução; a fase da resolução, correspondente ao corpo explicativo ou desenvolvimento e a fase da conclusão.

No tangente à organização discursiva deste tipo de texto, podemos identificar três tipos de enunciados:
·         Enunciados Expositivos: contendo as informações  com as quais o autor do texto pretende fazer saber, ou seja, transmitir os novos saberes;
·         Enunciados Explicativos: com os segmentos explicativos visando fazer compreender o que se transmite;
·         Enunciados Baliza: com a finalidade de marcar as articulações do discurso, isto é, anunciar o que vai ser dito; resumir o que se disse, ou seja, estabelecer os nexos de ligação entre as diversas partes do texto.

Relativamente às caracteristicas linguísticas, o Texto Expositivo – Explicativo apresenta:
·         O uso do presente do indicativo com o valor gnómico (atemporal), uma vez que se refere a factos que são tidos como verdadeiros por parte de quem os anuncia, portanto, uma verdade que perdura independentemente do tempo em que ela é dita.
·         Emprego da construção passiva como uma estratégia de impessoalizar o discurso científico. Sendo o texto científico objectivo o sujeito deve estar afastado do seu discurso e isso consegue-se com o recurso à passiva. O texto científico é monológico.
·          As nominalizações são usadas para condensar o que foi dito e assegurar a progressão  do texto;
·         Não se usam os adjectivos valorativos, a não ser que eles sejam necessariamente exigidos pelo discurso.
·         As expressões explicativas permitem ao emissor tornar mais clara a sua comunicação e orientam a compreensão do leitor;
·         Os conectores discursivos são os elementos que vão assegurar os relações entre as diversas partes do texto. No Texto Expositivo – Explicativo, os conectores são usados com frequência e são de natureza lógica. Eles marcam laços de adição, oposições, laços de consecução ou de causalidade;
·         No que diz respeito ao vocabulário, recorre-se a um vocabulário especializado. Isto quer dizer que se um texto é do ramo de biologia, por exemplo, irá recorrer a expressões da lingugem técnica que um biólogo deve dominar.Um gestor ou administrador de uma determinada empresa ou instituição, também deve possuir e dominar um vocabulário próprio da área que ele administra. O mesmo poder-se-ia dizer relativamente às outras áreas do saber.
Observe-se que quando se fala de linguagem técnica especializada não se pretende de forma nehuma dizer que se deva usar uma linguagem rebuscada e incompreensivel, pois quanto mais compreensivel for o texto, mais facilmente ele alcança os objectivos para os quais foi produzido.
Cecília Mavale (adaptado)

Comentários

Anónimo disse…
EXCELENTE EXPLICACAO SOBRE O TEXTO EXPOSITIVO EXPLICATIVO. . .. .


ATRAVEZ DA EXPLICACAO CONSEGUI EXCLATRECER UMAS DUVIDAS QUE TINHA.. . . .
ESTA DE PARABENS O AUTOR DO TEXTO.. . . .

MEUS COMPRIMENTOS. . . . .
Anónimo disse…
esta claro a esplecacao,mas acho que podia mensionar o que sao conectores,etc...
Anónimo disse…
foi boa a explicacao mais gostaria de saber diferencas coerentes sobre os textos exposetivos explicativos e argumentativos. para que consigamos destinguir ou identificarmos que e um texto explicativo ou argumentativo.....
Anónimo disse…
parabens ao autor. O texto me ajudou a saber mais sobre os textos spositvs xplicativs.
Minax da Graça disse…
Esta de parabens o autor de texto. A Informação sobre os textos expositivos explicativos e muito esclaredora. Apenas acho que podia colocar um texto como exemplo.
Anónimo disse…
a explicação está bem e compreensível, mas, julgo que seria melhor com um exemplo de um texto expositivo - explicativo.
mui grato
Cristina disse…
Sou professora de Lingua Portuguesa aqui no Brasil e essas informações vão me ajudar bastante. Obrigada!
Cecília Seráfico disse…
Parabens para o autor! O texto ta muito bom " bem claro de facil de entender" de certeza que ira me ajudar bastante.
jeremias e evaristo disse…
a explicação està ao alcance de comreençao de todos mas faltam os tipos de discurso
ananda mayi disse…
muito bom! me ajudou bastante. obrigada!
Juvêncio Mujovo disse…
Esta materia me ajudou bastente, sou aluno da 12 classe. muito abrigado
Padecimento disse…
Boa explicação pois ela me ajudou a entendr bem a aula e xer um aluno exemplar xtou na 11º classe
Anónimo disse…
Esta bem esclarecido
Anónimo disse…
Gostei da explicação mas faltou um texto comu exemplo.Sou estudante da 11a.
victor disse…
Embora que nao haja uma diferenca entre o texto expositivo-explicativo e o argumentativo gostei imenso da explicacao
C Mutondo disse…
Quero agradecer, antes de mais, a todos quantos usam este blog para aprender...
Caro Vitor, nao constitui verdade que não haja diferencas entre o expositivo-explicativo e o argumentativo... Elas são várias e as apresento num outro texto neste blog, que o aconselho a ler.
Relativamente aos que solicitam textos exemplificativos, vai a minha promessa de os satisfazer em breve...
cumba,felon disse…
Bem resumido.a idea ficou.
cumba,felon disse…
Bem resumido.a idea ficou.
Isabel Fernao disse…
Caro doutor Mutondo! Adorei a sua explicacao com relacao ao texto expositivo explicativo, contudo, adoraria que das proximas vezes sustentase as suas afirmacoes com exemplos, de modo a que possamos perceber claramente a mensagem, tendo em conta que uma parte dos receptores sao estudantes, ainda.
Wazir amane disse…
Adorei tanto a explicaçaõ. Ajudou-me tanto forxa. Sou estudant da 12classe
Hilário Alfredo Vilanculos disse…
Dr. Mutondo, admiro imenso e gosto de ler o seu blog pois contém muita informação e útil pa a vida do estudante Moçambicano e facilita a vida de docentes. Li igualmente o capítulo k falava de tomada d notas. Hilàrio Vilanculos.
Anónimo disse…
a explicação está clara e objectiva. O autor fez um bom trabalho. Parabens,creio que atingiu os objectivos que queria
Anónimo disse…
Boa explicacao, muito obrigado.
jessy@ivo disse…
muito satisfatorias as informacoes mas,realmente um texto c0mo exemplo fez imensa falta.continuacao de um bom investimento em nos estudantes!
Anónimo disse…
Muito obrigado pela explicação foi dos melhores que eu estava aprocura para poder entender melhores esses tipos de textos
Anónimo disse…
a explicacao e muito clara
Antonio Missao disse…
eu acho que se tinha de enriquecer mais elementos a respeito assunto em causa, mais em todo caso e de louvar a iniciativa do autor.
Anónimo disse…
Explicacao muito boa,ajudou-me muito e espero que ajude a outros.Obrigado,Hussny Nizar
Nélcia da Graça disse…
Gostei, esta muito resumido e tem tudo que eu precisava sobre os textos expositivos/explicativos.
Jone Mahad Akimo disse…
sou estudante do curso de ingles com habilitacoes em Portugues. apreciei as clarificaoes, maarcas coerentes e coesas contidas aqui, e... parabenx.
Anónimo disse…
tenha mais motivacao e inspiracao para colhermos imensuaveis frutos. parabens
foi um prazer passar por aqui ajudoume bastante brigado
Rufai Murange disse…
pela imensa vontade e alegria, que congratulo a especial explanacao a respeito do tema em foco ''exposetivo-explicativo''. Tou muito saturado no assunto ligado a este tema. Graca a esta pagina que tive na minha escola a melhor classificacao.
betuel polony disse…
Perfeito resumo. Qual é o tipo de linguagem usada neste tipo de texto.
emilio muampezar disse…
Foi melhor o autor deste texto ajudou me e ajudou a muitos e muitissimo obrigado
Marhion Ketty disse…
Foi bom ter lido este texto
ÁLVARO disse…
Exclareci por completo a duvida que tinha ..... O texto de apoio ê óptimo .
Rodrigues Ugembe disse…
obrigado Autor do texto agradexo muito pela sua explicacao continue com muita forxa o seu trbalho.
victor orlando disse…
Muito obrigado Dr. Carlos Mutondo pela boa e resumida explicaçäo, mas eu acho que faltou mais uma coisa a ser mencionado (Conectores de texto expositivo-explicativo).
Rosa baciquete disse…
realmete esta tudo claro sobre os textos espositivo explicativo
Rosa baciquete disse…
realmete esta tudo claro sobre os textos espositivo explicativo
samo pedro disse…
Primeiro agradecer pela sua contribuição significativa para a minha academia. solicito ajuda acerca de textos expositivos explicativos na componente oral.

obrigado
Obrigado por teres compartilhado essa informação.
Ajudou-me bastante.
Obrigado por teres compartilhado essa informação.
Ajudou-me bastante
Osvaldo Henrique disse…
Dou a mão à palmatória. Dos que li, este é único texto que conseguiu ser, em simultâneo, condensado, suficientemente informativo e didáctico.

Gostei imenso.
Apenas deixar os meus profundos agradecimentos pela explicação, que de certo modo vai contribuir não só para conhecer os textos expositivo-explicativo, mas também para saber construir esse tipo de textos.
so posso dizer meajudou muito,obrigado
antonio victory disse…
olá pessoal eu li muito bém o texto percebi e estou satisfeito o texto tá muito explícito
Martinho Pelembe disse…
Viva, Doutor Mutondo. Parabéns pela iniciativa. Este espaço constitui uma autentica sala virtual para quem o visita. Continue ajudando os seus seguidores.
Doutor, pedia que, dentro das suas possibilidades, esclarecesse se, no tocante a esta mesma matéria, haverá distinção entre segmento expositivo e enunciado de exposição (expositivo).

Bem-haja.
Martinho Pelembe disse…
Viva, Doutor Mutondo. Parabéns pela iniciativa. Este espaço constitui uma autentica sala virtual para quem o visita. Continue ajudando os seus seguidores.
Doutor, pedia que, dentro das suas possibilidades, esclarecesse se, no tocante a esta mesma matéria, haverá distinção entre segmento expositivo e enunciado de exposição (expositivo).

Bem-haja.

Martinho Pelembe
GOSTEI BASTANTE DETETEI QUE CONSIGUIO ME DECHAR COM ALGO SOBRE O TEXTO EXPOSETIVO EXPLICATIVO
gostei bastante da imformacao, penso eu que dexou-me de conhecimento previo
mario muanhupo disse…
Em primeiro lugar agradecer aos ilustres, doi bem legal saber e explorei poserivamete, salientado que a ciência, obrigado
Ilídio Pedro disse…
As suas explicações são geniais.
Estudante da UP, curso lecinciatura em esinno de Filosofia, e pertinente ver um Mocambicano a brilhar para a lem fronteira a nos trazer esse tipo de conhecimento que vai ajudar as pessoas que se encontra noutras regioes do mundo, estas para bens. lamcar mais artigos
Manel disse…
ajudou me muito obrigado
Manel disse…
ajudou me muito obrigado
O texto trás alicerces para uma boa percepção do que de facto é um texto expositivo-explicativo.
Obrigado
Unknown disse…
Humm gostei muito excelente trabalho...... consegui elaborar um texto tendo como base essa materia
Unknown disse…
Meus parabens Celso Mutondo, o seu blog ajudou me bastante num trabalho que fiz para a minha esposa que falava sobre o texto exposetivo-explicativo, continua assim um abraço.atenciosamente Guibson Kapangula
Meus parabens C.Mutondo o seu blog ajudou me bastante no trabalho que fiz para a minha esposa que falava sobre o texto exposetivo explicativo, continua assim, adorei bastante um abraço forte. atenciosamente Guibson Kapangula
ajuda nocao (o que e), estrutura, gramatica de texto expositivo explicativo
porque os textos poluicao da agua e danca nyau da origem aos nossos dias sao expositivo explicativo
Olimpio Gustavo disse…
Muito bom o texto... Just keep going Mr. Mutondo!
😎
senhenda disse…
na verdade eu acabo de perceber melhor apartir da esxplica;\ao do dr.
parabems, mais sucesso na sua careira.


Jéssica Mendes disse…
Muito bom!!! Ajudou-me muito.
Jéssica Mendes disse…
Muito bom! Excelente! Ajudou-me muito
Ky Brindy disse…
Muito obrigado pela informação! Informação essa que meu doce fez um copy past
Este blogger ajudou-me bastante, grato continue assim.
A explicacao esta muito clara. Gostava de deixar ficar uma questao, de que depende a conclusao no texto expositivo explicativo
Atanásio Mahahe disse…
Porque e que não se usam adjectivos valorativos ( características do texto)
Daniel Matsinhe disse…
Bom texto!! Está ao nível de todos! Os meus parabéns!! É didáctico...e de simples compreensão. Muita força!
Daniel Matsinhe disse…
Bom texto!! Está ao nível de todos! Os meus parabéns!! É didáctico...e de simples compreensão. Muita força!
Daniel Matsinhe disse…
Bom texto!! Está ao nível de todos! Os meus parabéns!! É didáctico...e de simples compreensão. Muita força!

Mensagens populares deste blogue

A TOMADA DE NOTAS

Na vida estudantil e profissional, somos convocados, muitas vezes a fazer o registo do que ouvimos (em conferências, seminários, aulas, reuniões) ou lemos (nos mais diversos tipos de textos). Contudo, numa simples audição ou leitura, há maior risco de se não poder fazer a retenção de toda a informação, para o reaproveitamento futuro. Daí temos que recorrer à tomada de notas.
Imaginemos que numa aula de Biologia, o professor vem apresentar uma exposição sobre, por exemplo, “O surgimento das primeiras espécies vivas”. O estudante, normalmente, tem se fixado nas projecções que o professor faz. Porém, por outro lado, o professor, ao dar a explicação, vai apresentando exemplos novos, definições e noções que não constam das projecções. De certeza, que os alunos não vão perder a oportunidade de fazer o registo das informações que acharem necessárias – veja-se que a relevância do que anotar, a partir de uma exposição varia de indivíduo para indivíduo. Nela intervêm factores como a atenção, a r…

Diferenças entre o texto expositivo explicativo e o texto expositivo argumentativo

Muito obrigado pelas observações que têm apresentado neste espaço. Sinto-me orgulhoso as saber que este blog está a constituir-se num espaço de troca de impressões sobre alguns conteúdos das matérias escolares, na disciplina de português. Estou satisfeito, pois, a ideia principal é que estes pequenos artigos ajudem.



Relativamente às diferenças básicas entre os Textos Expositivos Explicativos e os T. E. Argumentativos podemos mencionar os seguintes:

1 - O objectivo com que os dois tipos de textos são produzidos: o expositivo argumentativo é feito para apresentar um ponto de vista do seu autor, com o objectivo de atrair a adesão de quem o lê, ou seja, visa influenciar o outro a mudar de atitude ou assumir uma determinada posição, enquanto o expositivo explicativo, visa basicamente a transmissão de saberes (conhecimentos), ou seja, fazer saber;

2 - O texto argumentativo é subjectivo (dado que expressa a opinião do seu autor); e o texto explicativo é objectivo(nele apenas interessa a expl…